Logotipo EP Oscuro

"Em seu disco de estreia, as canções de Guilherme Kafé já anunciavam um olhar que ia além dos aspectos mais tangíveis do cotidiano. Embora explorassem elementos concretos, como a casa ou a paisagem periférica, as canções do primeiro álbum os manejavam para versar sobre temas como pertencimento, identidade, amor – e esse conjunto, assim, compunha uma espécie de crônica que não perdia de vista a abstração.
Agora, no EP Oscuro, Kafé tensiona ainda mais os temas abstratos, e desta vez eles não vêm mediados pelo humor gracejado do primeiro disco. As quatro canções que compõem Oscuro evocam a angústia, a morte, a crença (ou a falta dela). Mesmo o amor, aqui, pode surgir associado à perda ou à incomunicabilidade. Imagens duras (como uma granada no peito, da faixa “Tango imposible”) se formam por meio de uma instrumentação grave, também ela oscura.
Mas ainda que no EP impere uma atmosfera grave, seria reducionista enxergá-lo sob o viés da negatividade. Oscuro se abre com a faixa “Ascensão”, que pede a Oxum: “leva o mal / lava o sal”, e se fecha com “Carne e coragem”, quase uma oração a interrogar: “como domar a carcaça grossa da tristeza?”. Há, portanto, uma relação com a dor que não é fatalista, mas curiosa, analítica, feita de “carne e coragem”. Esta última canção, aliás, escrita e cantada com Victor Kinjo e Ana Flor, talvez sugira, com o seu coro de vozes, que nos apropriemos desse modo de lidar com os males -- esses males dos quais todos já provamos.
Olhar pra dor e pra escuridão, no fim das contas, não significa necessariamente render-se ao padecimento; ao contrário, pode ser um movimento cheio de vida e pulsação. O escuro existe porque há luz, e Kafé sabe disso."

por Juliana Ramos

-

Ficha Técnica - EP Oscuro (2020)


Produção Musical de Ivan Gomes & Guilherme Kafé

Gravado por Ivan Gomes no Estúdio Lebuá

Direção de voz | Paulo Neto (faixas 1,2 e 3)

Mixagem | Frederico Pacheco no Estúdio O&O

Masterização | André Mais no Estúdio AM Mixing & Mastering

Direção de arte | Alice Assal

Design e Ilustração | Guilherme Kafé

Selo | YBMusic

A&R | Maurício Tagliari

Label Manager | Benoni Hubmaier

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

1. Ascensão (Guilherme Kafé / Caetano Ribeiro) - BXGME2000001

Arranjo de base | Guilherme Kafé & Ariel Coelho

Arranjo de Sopros | Ivan Gomes

 

Ariel Coelho | Pandeirão, Ralador e Vassourinha, Mirdanga, Caixa com prato, Sacola plástica, Pau-de-chuva, Ganzá

Fernando Sagawa | Sax Alto, Sax Tenor

Juliana Perdigão | Clarone e Clarinete

Maiara Moraes | Flautas

Marina Bastos | Flautim e Flauta Contralto

 

Participação especial: 

Caetano Ribeiro | Guitarra

2. Moça das coisas de lá (Guilherme Kafé) - BXGME2000012

Arranjo de Base | Guilherme Kafé & Ariel Coelho

Arranjo de Cordas | Gabriel Levy

 

Guilherme Kafé | Violão e voz

Ariel Coelho | Atabaque, Conga, Mirdanga, Cowbell, Caxixi

Wanessa Dourado | Violino 1

Mathilde Filliat | Violino 2

Elisa Graciela | Viola

Erica Navarro | Cello

3. Tango Imposible (Guilherme Kafé) - BXGME2000013

Arranjo | Guilherme Kafé

 

Guilherme Kafé | Voz e Violão

Ivan Gomes | Baixo acústico

Thiago Brisolla | Violino

Edson Woiski | Bandolim 10 cordas

4. Carne e Coragem (Guilherme Kafé / Ana Flor de Carvalho / Victor Kinjo) - BXGME2000014

Arranjo | Guilherme Kafé
Guilherme Kafé | Voz, Violão Barítono e Violão

 

Participações especiais: 

Ana Flor de Carvalho & Victor Kinjo | Vozes